SCML
espaço
Apoio à Inserção e Bem-Estar
A Direção de Apoio à Inserção e Bem-Estar, abreviadamente designada por DIAIBE, tem por objetivo a promoção da qualidade de vida e integração na comunidade de pessoas com necessidades de acompanhamento terapêutico que se encontrem em situação social, familiar e económica precária. 

Atribuições
  • Assegurar o atendimento de pessoas com necessidades de acompanhamento terapêutico;
  • Promover a integração familiar, social e profissional das pessoas com necessidades de acompanhamento terapêutico;
  • Realizar o diagnóstico da realidade social inerente às problemáticas acompanhadas e definir formas de intervenção;
  • Colaborar e articular com os restantes Serviços que integram a DIAS e a Direção de Saúde Santa Casa (DISSC)) no acompanhamento dos utentes;
  • Propor e assegurar a articulação com os Serviços/Entidades da comunidade de forma a proporcionar aos utentes condições bio-psico-socio-culturais e espirituais dignas;
  • Promover e realizar ações de formação no âmbito da educação para a saúde, da prevenção da doença e da promoção da saúde do indivíduo, família e comunidade;
  • Supervisionar as atividades dos equipamentos integrados na DIAIBE, assim como os recursos humanos afetos, assegurando-lhes o respetivo apoio técnico através de uma equipa interdisciplinar;
  • Propor a criação, adaptação, reconversão ou encerramento de equipamentos e serviços de acordo com a avaliação da sua oportunidade, eficácia e eficiência;
  • Elaborar as propostas do Plano de Atividades do Orçamento, bem como o Relatório Anual de Atividades, no âmbito da sua área de intervenção;
  • Acompanhar a movimentação dos fundos fixos atribuídos à DIAIBE e aos equipamentos de si dependentes.
Valores 
  • Compromisso com as boas práticas: Humanização dos cuidados, monitorização e revisão sistemática do desempenho;
  • Respeito pelos princípios éticos: Integridade, participação e confidencialidade;
  • Transparência nos processos de decisão: Processos de decisão baseados em critérios explícitos;
  • Gerar Solidariedades: Intervenção no contexto dos diferentes sistemas sociais que lidam com esta problemática;
  • Desenvolvimento pessoal e da equipa de modo a contribuir para a melhoria global dos seus utentes: Formação contínua de Colaboradores e utentes visa o desenvolvimento de competências para obtenção de melhores resultados
  • Abertura às alterações conjunturais, nomeadamente nas áreas da Saúde, da Intervenção Social e da Educação: estímulo da interação com outras entidades para a gestão de sinergias.
 Resumo Cronológico 
  • 1989 - Criação do Projeto Solidariedade, Residência Santa Rita de Cássia
  • 1992 - Centro de Dia na Residência Santa Rita de Cássia
  • 1994 - Apoio em Ambulatório
  • 1996 - Apoio Domiciliário
  • 1998 - Abertura da Residência Madre Teresa de Calcutá
  • 2001 - Passagem de Projeto a Direção de Serviços
  • 2003 - Apartamentos Terapêuticos / Reinserção Social
  • 2003 - Reabertura da Residência Santa Rita de Cássia
  • 2004 - Abertura do Centro de Acompanhamento e Vigilância Terapêutica
  • 2005 - Inauguração do Centro de Santa Maria Madalena
  • 2006 - ATA - Apartamentos Terapeuticamente Assistidos com contrato com a Instituição - SCML
  • 2011 - Reestruturação do Departamento de Ação Social e Saúde (DASS) - D.M. 472.ª 
Alargamento do âmbito todos os sem abrigo; assegurando o atendimento a pessoas com necessidades de acompanhamento terapêutico, em particular quando desinseridas do seu meio sócio-familiar e económico normal, prestando a informação pertinente e o seu encaminhamento e apoio adequados.

A DIAIBE integra os seguintes estabelecimentos:
  • Acolhimento Diurno e VigilânciaTerapêutica
    • Centro de Santa Maria Madalena
  • Apoio Residencial
    • Residência de Santa Rita de Cássia
    • Residência Madre Teresa de Calcutá