Cuidados Continuados

Brevemente vai abrir uma nova unidade de cuidados continuados da Santa Casa, a funcionar no Hospital Pulido Valente.

Esta unidade vai disponibilizar 44 camas de cuidados continuados e paliativos, que integrarão a Rede Nacional dos Cuidados Continuados, graças ao protocolo de parceria assinado entre o Centro Hospitalar Lisboa Norte - Hospital Pulido Valente e a SCML. Numa segunda fase, este número poderá chegar às 80 camas.

Unidade de Cuidados Continuados Integrados Maria José Nogueira Pinto

Funciona desde 2012 a primeira Unidade de Cuidados Continuados Integrados da SCML. Com 72 camas de internamento, esta Unidade presta cuidados de saúde prolongados, nas diferentes fases da evolução da doença, graças ao apoio de uma equipa multidisciplinar.

Existem três tipos de internamento nesta unidade: os de média duração e reabilitação, os de longa duração e manutenção e os paliativos.

Hospital Estrela

Adquirido ao Ministério da Defesa Nacional, por 15 milhões de euros, o antigo Hospital Militar da Estrela albergará diversos serviços, que abrirão de modo faseado. Com enfoque na prestação de cuidados continuados e paliativos, a primeira faseserá a adaptação da Torre para uma Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos Integrados, com cerca de 70 camas, que terá por missão atender às necessidades decorrentes do envelhecimento de cerca de 200 mil lisboetas maiores de 65 anos. Para além da referida unidade está a ser desenvolvido o projeto para uma Unidade de Cuidados Integrados Pediátricos fora do contexto hospitalar, que dará assistência a crianças com doenças crónicas ou terminais.

Unidade de Cuidados Continuados Integrados Pulido Valente

O Parque de Saúde Pulido Valente vai ter uma ala de cuidados continuados gerida pela SCML, que acrescentará 44 camas à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.