Fundação Benfica
Destaques
Futebol, muito futebol e mais alegria
Cerca de 30 crianças e jovens, utentes da Misericórdia de Lisboa, participaram, esta terça-feira, 11 de julho, no torneio de final do ano do projeto “Para Ti, Se Não Faltares!”, da Fundação Benfica.

Falta pouco mais de meia hora para o jogo da final começar. O barulho dentro do pavilhão Fidelidade, nas instalações do Sport Lisboa e Benfica, é ensurdecedor. Os miúdos da Santa Casa mostram sinais de ansiedade. Mesmo assim, vão dizendo que “acreditam” que podem ser campeões e que não há “impossíveis”.

Estes miúdos sonham em ser futebolistas. Os ídolos são Cristiano Ronaldo, Messi e Jonas. Respiram futebol por todos os poros. Mas, para participarem neste torneio, tiveram que melhorar as notas, assim como o comportamento.
 
Enquanto dá uma dentada num queque de cenoura, Rodrigo, 14 anos, da Escola Pedro Santarém, diz que “ninguém acreditava que podíamos ir à final”. Rui Fernandes, 16 anos, conta que, para participaram, tiveram que subir as notas e comportar-se melhor.

As equipas da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa conquistaram, por três vezes, o pódio, nos escalões masculinos A, B e C. A equipa masculina do escalão C (composta pelos nascidos entre 2000 e 2002) disputou a final, mas, infelizmente, não levantou o troféu.

Sérgio Cintra, administrador da Ação Social da Misericórdia de Lisboa, elogia a iniciativa, sublinhando que o projeto é um incentivo para todos os alunos que dela beneficiam, no sentido de cumprirem os seus objetivos, enquanto estudantes, e visando combater o abandono e o insucesso escolares. 

Para Jorge Miranda, diretor da Fundação Benfica, este torneio “é um reconhecimento daquilo que estes jovens conseguiram conquistar”.

O projeto “Para Ti, Se Não Faltares!” resulta de uma parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Fundação Benfica e a Escola Básica Pedro Santarém. Tem como objetivos capacitar e combater o absentismo, o abandono e o insucesso escolar de crianças e jovens em risco, criando condições para que se sintam bem na escola, assim como atraídos pelo ensino.

Englobando jovens dos escalões femininos e masculinos A, B e C, este projeto pôde, este ano, contar com um total de 285 jovens vindos de várias escolas.

No final do torneio, durante a entrega de prémios foi visível a emoção dos jovens por serem premiados depois de passarem um dia instalações do Sport Lisboa e Benfica. Para muitos deles, foi um sonho tornado realidade.

12 de julho de 2017

Facebook