Mergulho Seguro 2017
Destaques
Mergulha em segurança
"Mede as consequências - bater no fundo é mais fácil do que pensas" é o mote da campanha de Prevenção de Acidentes de Mergulho, à qual a Misericórdia de Lisboa se associa com a Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia. 

Sensibilizar a população, sobretudo da mais jovem, para o perigo de acidentes causados por mergulhos mal calculados, é o objetivo desta campanha "Mergulho Seguro", que vai já na sua quinta edição, e que tem como parceiros institucionais o Ministério da Saúde e a Secretário de Estado da Educação.

Acontecendo em praias, piscinas e restantes zonas balneares, costeiras ou fluviais, estes acidentes podem provocar traumatismos graves, designadamente situações de paraplegia e de tetraplegia.

A campanha "Mergulho Seguro" conta com o apoio de várias empresas parceiras, tais como a Sociedade Portuguesa de Medicina Física e Reabilitação, a Associação Salvador, a Federação Portuguesa de Surf, a Ekena Bay e a Adicional Logistics.

Destina-se, sobretudo, à camada mais jovem da população, já que é nesta faixa etária que, em anos anteriores, se contabilizaram mais ocorrências.

Apesar do sucesso conseguido pelas campanhas nos anos anteriores, registaram-se, em 2016, mais acidentes do que o esperado. De salientar, no entanto, que, no grupo mais jovem da população, este número foi mais reduzido (2 ocorrências abaixo dos 18 anos). 

De acordo com estudos feitos por Ricardo Pratas e Miguel Duarte Silva, na sequência de um desafio lançado por Jorge Mineiro, da Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia, concluiu-se que a maioria dos acidentes ocorre durante atividades de lazer e não durante práticas desportivas; os mesmos são mais frequentes em piscinas do que no mar; 96% dos traumatismos atingem a coluna cervical; 15% dos acidentados ficaram em condição de tetraplegia; 92% ocorrem em indivíduos do sexo masculino; 85% dos acidentes acontecem entre maio e setembro.

Estes acidentes não a única causa de tetraplegia e paraplegia na sociedade. Atingem, no entanto, injustamente, uma população muito jovem, condicionando, de forma permanente a sua vida, assim como a dos seus familiares.

De referir ainda que a SCML tem, nesta campanha, como media partners a RFM, a Mega Hits e a Rádio Renascença.

Já para trabalhar o conceito criativo, a instituição selecionou um dos grupos de criativos que participou na YOUNG LIONS, competição que premeia talentos na área do Design a nível mundial e que se destina a jovens até aos 30 anos. A Santa Casa patrocinou a CYBER, uma das sete categorias do LIONS FESTIVAL reforçando, assim, a sua comunicação institucional e apoiando jovens talentos desta área profissional.

A campanha "Mergulho Seguro" de 2017 começa esta quarta-feira, 12 de julho, com uma presença assinalável no digital, designadamente nos media online, redes sociais, youtubers, utilizadores de instagram, assim como nos principais festivais de verão e nos meios tradicionais, tais como a SIC, a RTP, a Fox e os Cinemas Nos.


12 de julho de 2017

Clipping
Facebook