[vazio]
Destaques
Um olhar sobre Lisboa
Da autoria de Eduardo Souto Moura, o auditório da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, vai ter como cenário uma das colinas mais bonitas da cidade de Lisboa, a do castelo de São Jorge. 

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa iniciou este ano a construção de um auditório, assinado pelo arquiteto Eduardo Souto de Moura, que reflete a prioridade da instituição em valorizar um património que é seu e da cidade de Lisboa.

O projeto inclui a adaptação da antiga lavandaria, que data de 1915, em vários espaços, tais como sala multiusos, cafetaria e outros serviços, assim como a reabilitação da área envolvente.

Segundo a diretora do Departamento de Gestão Imobiliária e Património, Helena Canto Lucas, “o projeto do auditório não se pode dissociar da remodelação da antiga lavandaria, uma vez que faz parte do mesmo projeto de intervenção e requalificação do ‘interior’ do Complexo de São Roque”.

A construção deste edifício e a reabilitação da antiga lavandaria vão contribuir para a ampliação da área cultural da instituição e abrir esta área do Complexo de São Roque ao público em geral, possibilitando a vivência deste novo espaço sobre Lisboa.

“O novo auditório vai ter capacidade para 200 pessoas. O seu formato, moderno e ousado, inspira-se nas antigas máquinas fotográficas, havendo mesmo um vidro através do qual se vê Lisboa, da colina de São Vicente ao castelo de São Jorge”, explica a diretora. “Eduardo Souto Moura pretendeu criar uma “janela” singular permitindo a quem entra no auditório desfrutar de uma vista única sobre a cidade”.


Estima-se que esta obra esteja concluída no primeiro trimestre de 2018, representando um investimento de, aproximadamente, 2,3 milhões de euros.

21 de agosto de 2017
Facebook