Visitar o Museu de São Roque através da realidade aumentada
Destaques
Visitar o Museu de São Roque através da realidade aumentada
Algumas obras do Museu e Igreja de São Roque podem ser apreciadas a partir de hoje com o auxílio de uma nova tecnologia : a realidade aumentada.

A apresentação desta nova forma de visitar museus, nunca antes utilizada em Portugal, foi apresentada no dia 16 para assinalar o Dia Internacional dos Museus que se comemora no dia 18 (sábado). O projeto é da autoria da Reverse, uma empresa tecnológica especialista em visão 3D.

À entrada do museu é disponibilizado um tablet aos visitantes que lhes permitem ver um objeto virtual sobre uma imagem real captada pela câmara do tablet ou de um smartphone.

A realidade aumentada possibilita ter acesso à informação que não é exibida de forma imediata. É informação habitualmente explicada por um guia ou pesquisada em livros ou na Internet mas a que agora é possível aceder através do tablet que o visitante posiciona em frente da obra escolhida. Poderá assim descobrir os pormenores não visíveis numa pintura ou captar a imagem dos objetos guardados no interior de um relicário.

Através da realidade aumentada é possível ver pormenores surpreendentes e escondidos nas "Tábuas de São Roque" em exposição no Museu. Na Capela de São João Baptista, na Igreja de São Roque, descobre-se que os painéis da Capela não são senão um enorme mosaico.

Até ao fim de maio esta tecnologia estará à disposição dos visitantes do Museu de São Roque.  

No dia Internacional dos Museus, no próximo dia 18, as portas de São Roque abrem-se para todos os visitantes que queiram fazer uma visita diferente através da realidade aumentada.

17 de maio de 2013
Clipping
Facebook