Notícias


Demo Day da Startup Lisboa e da Casa do Impacto

31 Maio 2019

"Eat, Pitch & Love" é o mote da iniciativa que decorreu esta quinta-feira, 30 de maio, na Casa do Impacto, o polo dedicado ao empreendedorismo e inovação social, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

O objetivo do Demo Day da Startup Lisboa e da Casa do Impacto consistiu em apresentar startups incubadas à comunidade empreendedora da cidade e a investidores. Foram mais de 25 os empreendedores que subiram ao palco para fazerem o pitch [apresentação] das suas startups [empresas emergentes] perante uma plateia composta por dezenas de pessoas entre empreendedores, parceiros e investidores. 

Durante a tarde foi possível observar o melhor das startups incubadas na Startup Lisboa que, ao longo dos seus sete anos de existência, já apoiou mais de 300 startups. 

Casa do Impacto deu a conhecer o melhor que se faz em projetos empreendedorismo e inovação social

Subiram, igualmente, ao palco algumas das startups incubadas da Casa do Impacto, que desde a inauguração em outubro de 2018 conta já com 160 residentes e 24 startups de impacto no Convento São Pedro de Alcântara. 

No início da sessão, Sérgio Cintra, o administrador com o pelouro da Ação Social da Santa Casa, defendeu que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa deve ser um "investidor social", e que isso não deve ser estranho numa instituição que tem 520 anos.

"A área do empreendedorismo e as causas que nos movem são causas que nós entendemos serem oportunidades. A Santa Casa pretende assim criar as condições necessárias ao desenvolvimento de soluções inovadoras, que constituam novas respostas sociais, adequadas aos desafios contemporâneos", concluiu.

O Prémio em homenagem a João Vasconcelos

A Startup Lisboa, incubadora de empresas fundada por João Vasconcelos e dirigida por Miguel Fontes, apresentou, igualmente, esta quinta-feira no evento "Eat, Pitch & Love" mais detalhes sobre o prémio em homenagem ao antigo secretário de estado. Miguel Fontes afirmou que esta distinção com o nome de João Vasconcelos, que morreu em março com 43 anos, "é um ato de justiça". O prémio vai atribuir anualmente 10 mil euros ao melhor empreendedor ou empreendedores da mesma startup que "se distinguiram ao longo do ano". As candidaturas estão abertas a partir de 1 de junho.