Notícias


Inauguração da Exposição “Um Templo para Xavier.

04 Dezembro 2018
O dia de São Francisco Xavier foi o dia escolhido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para a inauguração da exposição "Um templo para Xavier". A exposição estará assim patente de 3 de dezembro a 3 de fevereiro de 2019.

Antes da inauguração da exposição que está na Galeria de Exposições Temporárias da Santa Casa, a Igreja de São Roque recebeu esta segunda-feira, 3 de dezembro, a celebração de uma Eucaristia em honra de S. Francisco de Xavier.

Comemorando o 10.º aniversário da doação à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa do Cofre-relicário de São Francisco Xavier por D. Teresa Mendia de Castro e o 4.º centenário da composição por André Reinoso do ciclo pictórico dedicado ao mesmo santo em exposição desde essa época na sacristia da Igreja de São Roque, estará patente ao publico uma exposição temporária que irá explorar os valores históricos, artísticos e culturais daquela peça que se tornou num dos ex-libris do Museu de São Roque.

Será abordada a fundamentação arquitetónica do relicário, o sincretismo estético entre o Ocidente e o Oriente, a iconografia do santo, o seu culto através das relíquias e a importância cultural que tem hoje para as comunidades goesas espalhadas pelo Mundo.

Paralelamente à exposição, a Santa Casa preparou uma série de atividades que acompanham esta mostra. Já no dia 15 deste mês, o Museu de São Roque recebe um workshop de joalharia, dinamizado pela PIN, Associação Portuguesa de Joalharia Contemporânea, em articulação com a exposição temporária. O desafio será construir um relicário pendente.

Também no Museu de São Roque, o ano abre com a conferência Conferência S. Francisco Xavier - A razão de ser do "Goenchosaib" (Protector de Goa) para as comunidades goesas, por Filipe Monteiro, da Casa de Goa. A 16 de janeiro, nova conferência, desta feita na Sacristia da Igreja de S. Roque: Nova leitura iconológica do ciclo pictórico da Vida e Lenda de São Francisco Xavier, por João Simões, comissário da Exposição.

A 20 de janeiro a Igreja de S. Roque recebe Cânticos em Concani, pelo Grupo SURYA e a 24 do mesmo mês, "Um relicário no século XXI", apresentação pelo Padre João Norton do relicário contemporâneo realizado no âmbito desta exposição para albergar as relíquias de São Francisco Xavier.

Ao longos dos próximos dois meses há ainda a possibilidade de usufruir de visitas guiadas à exposição, direcionadas para crianças ou para adultos.

Saiba mais em http://www.scml.pt/pt-PT/media/agenda/exposicao_temporaria_um_templo_para_xavier