Notícias


Inauguração de Sala do Bem-Estar na Mitra

08 Janeiro 2019
Com uma função terapêutica, esta sala visa estimular o paciente sensorialmente, diminuindo os níveis de ansiedade e de tensão.

O Polo de Inovação Social -Mitra, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, inaugurou, esta terça-feira, 8 de janeiro, uma sala de bem-estar. O evento contou com a participação do administrador de ação social da Santa Casa, Sérgio Cintra e do presidente da Junta de Freguesia de Marvila.

"A Mitra é um equipamento da Santa Casa que muito nos orgulha e que queremos que esteja em constante evolução. Esta inauguração é um momento simbólico para aquilo que queremos que seja a Mitra, um espaço aberto a todos com uma forte vocação de inovação social", salientou Sérgio Cintra.

Em breve o Polo de Inovação Social-Mitra, que é composto por um conjunto de vários edifícios, albergará uma "Vila do Impacto", semelhante ao projeto que foi feito no Convento de São Pedro de Alcântara, a Casa do Impacto.

"Existe aqui ao lado um espaço dedicado ao empreendedorismo, a HUB Criativa do Beato e queremos que a Mitra seja, à semelhança do que já existe no Convento de São Pedro de Alcântara, uma HUB de inovação tecnológica social, aproveitando o que de melhor se cria e se faz na inovação social", afirmou o administrador.

O administrador agradeceu, ainda, o empenho e a dedicação dos vários departamentos e serviços da instituição, que tornaram realidade esta sala multissensorial, destacando o papel desempenhado pelo Serviço de Gestão de Produtos de Apoio e pelo Departamento de Gestão Imobiliária e Património.

Cristina Vaz de Almeida, diretora do Serviço de Gestão de Produtos de Apoio, destacou que os estímulos cognitivos destas salas são importantes porque "diminuem a ansiedade e o stress melhorando a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas, em qualquer ciclo de vida".

A sala de bem-estar hoje inaugurada é uma estrutura de relaxamento não farmacológica com vários elementos sensoriais e é composta por sofás de massagens, uma coluna de água, projeção, música e aromoterapia.

Cada elemento da sala foi pensado e estudado para contribuir na redução da ansiedade e stress de pessoas com quadros clínicos e necessidades variadas. A partir dos cinco sentidos do corpo, é trabalhada a capacidade de organizar a capacidade sensorial e de organizar as respostas, conforme a particularidade de cada pessoa.

Esta é a segunda sala de bem-estar que a Misericórdia de Lisboa inaugura. Em 2017, a instituição inaugurou a primeira, no Centro de dia do Alto do Pina, por ocasião do dia mundial dos avós.