Notícias


Mais mobilidade para os estudantes da ESSA

11 Outubro 2018
A Escola Superior de Saúde do Alcoitão (ESSA) e a Cascais Próxima, do sector empresarial da Câmara Municipal de Cascais (CMC), assinaram esta esta quarta-feira, 10 de outubro, um protocolo de colaboração. Edmundo Martinho, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), e Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais marcaram presença na formalização do acordo que permite aos alunos da ESSA usufruir gratuitamente da rede de transporte público rodoviário, bicicletas e estacionamento geridos pela Cascais Próxima.

A parceria entre a Santa Casa e a Câmara de Cascais assenta fundamentalmente na criação de condições para que os estudantes se desloquem utilizando os transportes públicos, contribuindo para minimizar o impacto dessas deslocações no ambiente. Edmundo Martinho mostrou o caminho a seguir, partindo da estação ferroviária do Cais do Sodré no comboio da linha de Cascais.

À chegada ao Estoril, tinha à sua espera Carlos Carreira. A viagem prosseguiu no autocarro da MobiCascais até à entrada de Alcoitão. A ideia foi simbolizar um percurso que pode ser utilizado pelos estudantes da ESSA no caminho até à Escola, percurso esse que a partir de agora será realizado gratuitamente, o que representa "um alívio para as famílias dos alunos", como explicou o provedor da SCML.

O resto da viagem até ao local da assinatura do protocolo, o jardim da ESSA, foi feito a pé, mas também pode ser feito nas "Bicas", as bicicletas elétricas que passam igualmente a poder ser utilizadas pelos estudantes.

Edmundo Martinho dirigiu-se particularmente aos alunos que marcaram presença na cerimónia garantindo que através da ESSA a Santa Casa forma profissionais de excelência na área da Saúde, para que estes possam dar não só o seu contributo à comunidade mas também com o objetivo de que a escola forme muitos dos profissionais da Misericórdia de Lisboa numa área em que a instituição "tem hoje objetivos muito ambiciosos".

Sobre o protocolo, o provedor da SCML considera que é "um contributo inestimável que garante melhores condições de deslocação e mobilidade aos nossos estudantes", sublinhando que "estamos a fazer um investimento no futuro de cada um dos profissionais que daqui vai sair, mas é também um investimento na nossa capacidade e na nossa responsabilidade de oferecer cada vez melhores serviços e estar cada vez mais perto daquilo que são os interesses e os anseios da comunidade".

Carlos Carreiras lembrou que a presença da Misericórdia de Lisboa no Município de Cascais vem de longe e que parte da história das duas entidades tem sido feita em conjunto. Fazendo uma declaração de interesses, o presidente da Câmara de Cascais defendeu que a ESSA é "a melhor escola superior de Saúde de Portugal, porque forma grandes profissionais" e, ao fazê-lo, estes têm emprego garantido.

O presidente da autarquia sublinhou as vantagens deste protocolo, que permite aos estudantes "com o esforço da Escola, que vai suportar os passes, ter uma mobilidade maior, mais cómoda, mais barata, mais segura e, com a consciência de que não estão a agredir o ambiente através de outros meios de transporte", lembrando que "esse é o nosso contributo para termos um concelho mais atrativo e cada vez mais competitivo". Carlos Carreiras terminou deixando ainda a promessa de que outros acordos com a Santa Casa serão anunciados em breve.