Notícias


Santa Casa lamenta a morte do antigo Provedor Pedro Pestana de Vasconcelos

07 Fevereiro 2019
A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa lamenta a morte do seu antigo Provedor, Pedro Pestana de Vasconcelos, que entre 1980 e 1983 esteve à frente da instituição, período esse em que, por inerência de funções, também foi membro do Conselho Municipal de Lisboa e presidente do Conselho Geral do Inatel.

Durante o seu mandato à frente da Misericórdia, Pedro Pestana de Vasconcelos deu um contributo muito importante para fazer da Instituição aquilo que ela é hoje, ao centrar a sua estratégia em quatro domínios fundamentais para a Santa Casa: lei aplicável, estabilidade financeira, quadro e estatuto do pessoal e instalações. Além destas áreas, o então provedor empenhou-se também na cooperação com inúmeras instituições de solidariedade social, na criação e reorganização de serviços nas áreas da Ação Social e da Saúde e na necessidade da valorização do património mobiliário e imobiliário da Santa Casa.

Pedro Pestana de Vasconcelos, nascido em Lisboa a 27 de junho de 1925, faleceu esta quarta-feira, 6 de fevereiro, dedicou uma parte da sua vida às Obras Espirituais da Misericórdia, primeiro como Provedor da Santa Casa, e depois como Irmão Provedor da Irmandade da Misericórdia e de São Roque de Lisboa, cargos que desempenhou de forma empenhada e apaixonada, sempre a pensar no próximo e naqueles que mais precisam.

Advogado de formação, o antigo Provedor teve uma forte participação cívica e política, ocupando diversos cargos ligados à causa pública e ao setor social, nomeadamente na presidência do Conselho Superior de Ação Social entre 1984 e 1991.

É com profundo pesar que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa endereça sentidas condolências à família de Pedro Pestana de Vasconcelos.

+ Irmandade