Notícias


Um sonho de miúdos e graúdos

05 Novembro 2018
O Fundo Rainha D. Leonor (FRDL) apoiou a reabilitação da creche e jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Sever do Vouga.

A inovação deste projeto está na recuperação de um edifício simbólico para a Misericórdia de Sever do Vouga, na proximidade que a obra provoca entre gerações e na criação de maior acessibilidade para idosos.

A intervenção permite uma ligação funcional entre as valências: creche e jardim de infância e lar, bem como a rentabilização dos recursos humanos e usos dos espaços comuns.

A obra foi inaugurada a 25 de outubro, proporcionando mais conforto, segurança e proximidade entre gerações. O projeto de recuperação recebeu o apoio de 125 mil euros do Fundo Rainha Dona Leonor.

O edifício candidato ao apoio do FDRL estava num estado degradado e as crianças de Sever de Vouga, com menos possibilidades, só podem contar com o apoio da Misericórdia.

Inês Dentinho, do Conselho de Gestão do FRDL, o representante da União das Misericórdias Portuguesas, autoridades civis, militares e religiosas marcaram presença na inauguração.
FRDL

Criado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e pela União das Misericórdias Portuguesas, em 2015, o Fundo Rainha D. Leonor nasceu da convicção da SCML de que as boas causas devem sair das fronteiras da capital.

O objetivo é ajudar as misericórdias portuguesas no seu trabalho em causas sociais prioritárias, dando o seu contributo para a coesão social e territorial do país.
Desde a sua criação, o Fundo Rainha Dona Leonor já apoiou projetos de 90 misericórdias, 80 dos quais na área social, somando nesta área um investimento de 13.047.352,57 euros.