Reportagem da Semana


Um Fundo para Portugal

29 Março 2019
A Santa Casa da Misericórdia de Buarcos recebeu apoio do Fundo Rainha Dona Leonor (FRDL) para obras de recuperação e conservação da Igreja da Misericórdia. 

O estado da cobertura da Igreja da Misericórdia de Buarcos era grave perigando o património histórico com infiltrações. Daí a necessidade de substituição do telhado. Obras do passado próximo descaracterizaram o imóvel com introdução de um novo pavimento e uma mesa de altar. 

A obra apoiada pelo Fundo Rainha D. Leonor impediu a deterioração do património e libertou o retábulo para leitura visual da assistência, removendo o supedâneo do altar e colocando o altar no nível original. A intervenção foi apoiada pelo FDRL no valor de 46.351,17 euros.

Foram igualmente realizadas melhorias na Sacristia e no piso dos altares laterais e na capela lateral. O Fundo aconselhou a Santa Casa da Misericórdia de Buarcos em diversos outros detalhes que foram alterados. O imóvel do século XVI, muito significativo da Misericórdia, é também paradigma das gentes do mar, local de culto recorrente, há séculos. 

FRDL

Criado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e pela União das Misericórdias Portuguesas, em 2015, o Fundo Rainha D. Leonor nasceu da convicção da SCML de que as boas causas devem sair das fronteiras da capital. O objetivo é ajudar as misericórdias portuguesas no seu trabalho em causas sociais prioritárias, dando o seu contributo para a coesão social e territorial do país.

Desde 2017 que o apoio do Fundo se dirige também à recuperação do património histórico das Misericórdias, tantas vezes relegado para segundo plano dada a urgência das causas sociais. 

Desde a sua criação, o Fundo Rainha Dona Leonor já apoiou projetos de 90 misericórdias, 80 na área social e dez na área do património.

Veja a reportagem.