Reportagem Especial


Enfermeiros. Cuidadores a tempo inteiro

12 Maio 2020
Em 1853, uma desconhecida para o mundo foi enviada para a linha da frente do conflito armado da guerra da Crimeia, para cuidar dos soldados feridos em combate. A britânica, Florence Nightingale, abraçou a missão e em poucos dias abriu a porta para o valor da "enfermagem profissional". Volvidos quase dois séculos, a guerra é outra. A pandemia provocada pela Covid-19, que assola o planeta, colocou a nu o importante papel que o enfermeiro desempenha na sociedade.

No Hospital de Sant'Ana, estes "anjos da guarda" trabalham, diariamente, para que nada falte a quem mais necessita de cuidados de saúde imprescindíveis e inadiáveis. Em tempos de pandemia, são eles que transportam a esperança por dias melhores e também os carinhos das famílias que não podem visitar quem está hospitalizado.

A Misericórdia de Lisboa associa-se às comemorações do Dia Internacional do Enfermeiro, reforçando o compromisso de gratidão a todos os enfermeiros. A todos eles, obrigado!