SCML
espaço
Estrutura
Estrutura das áreas de intervenção
Desde a sua fundação, em 1498, que a Santa casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), instituição de referência na sociedade portuguesa, tem zelado pela melhoria das condições de vida dos mais desfavorecidos.

Mais conhecida pelo seu trabalho na ação social, a Misericórdia de Lisboa, desenvolve também um importante trabalho nas áreas da Saúde, Educação e Ensino, Cultura e Património, grande parte do qual resultante de Benemerências, Inovação e iniciativas no âmbito da Economia Social.

Ação Social

A Ação Social, tem sido um dos pilares do trabalho desenvolvido pela instituição, ao longo do tempo, de forma a contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas em condições vulneráveis, promovendo a sua inclusão e coesão social.

É à Direção de Ação Social (DIAS) que cabe desenvolver a intervenção social da SCML, gerindo os serviços e estabelecimentos de Ação Social e da Saúde. Tem como grupos-alvo crianças e jovens, adultos, famílias, comunidades étnicas, idosos, indivíduos em risco de exclusão, toxicodependentes e pessoas portadoras de deficiência e de VIH/SIDA.

Benemerências

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa tem contado, ao logo da sua historia, com o apoio financeiro de muitos cidadãos confiantes de que os meios que cedem á instituição são aplicados em Boas Causas. Esta prática tem sido decisiva para auxiliar milhares de pessoas. 

Cultura

Reunido ao longo de mais de cinco séculos, o património cultural da SCML resulta essencialmente da generosidade dos beneméritos desta instituição. É um património rico e diversificado, do qual se destacam a Igreja e o Museu de São Roque, o Arquivo Histórico e a Biblioteca, o Convento de São Pedro de Alcântara e um conjunto de imóveis com especial interesse histórico e arquitetónico.

Educação

A Educação assume-se como uma das áreas centrais da instituição, sobretudo em proveito dos mais desprotegidos. Entre os principais equipamentos nesta área, incluem-se os jardins-de-infância, os vários centros de formação e a Escola Superior de Saúde do Alcoitão (ESSA).

Empreendedorismo e Economia Social

O Departamento de Empreendedorismo e Economia Social (DEES) promove, apoia e divulga a criação e o desenvolvimento de iniciativas no âmbito do empreendedorismo e economia social. Destaca-se o apoio à  criação de microempresas, através de programas de cooperação com outras entidades e a formação de agentes de desenvolvimento no âmbito da Economia Social.

Inovação e Qualidade

O Departamento da Qualidade e Inovação (DQI) é um serviço de apoio estratégico à ação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Promove, apoia e desenvolve iniciativas que visem a qualidade, a inovação, a segurança, a sustentabilidade e a responsabilidade social da instituição, bem como o voluntariado.

Saúde

Os Serviços de Saúde da SCML prestam cuidados à população carenciada da cidade de Lisboa, quer na vertente preventiva, quer na vertente curativa e de reabilitação. A Santa Casa dispõe de sete unidades e de três extensões de saúde dispersas pela cidade; de duas unidades móveis pertencentes ao Programa “Saúde Mais Próxima”; de uma Unidade de Cuidados Continuados; de um programa vocacionado para a prestação de apoio psicológico gratuito e dirigido aos mais jovens (W+); de dois hospitais - Hospital de Sant'Ana e Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão - e de uma Escola Superior de Saúde (ESSA).

Jogos

Em 1873, o Estado atribuiu à SCML, em regime exclusivo, para o território nacional, a organização e exploração dos concursos de Apostas Mútuas e Lotarias.
Cabe ao Departamento de Jogos maximizar os resultados obtidos com a exploração dos Jogos Santa Casa, Lotaria Nacional, Euromilhões, Totoloto, Totobola, Joker, Lotaria Clássica, Raspadinha e a aposta mais recente, Placard. A SCML beneficia apenas de aproximadamente 28% dos resultados líquidos. As receitas são distribuídas pelas áreas da acão social, saúde, desporto e cultura.

Património

O departamento de Gestão Imobiliária e Património (DGIP) tem como objetivo, gerir o vasto e diversificado património imobiliário da instituição, que se estende por todo o território nacional. Através do seu arrendamento, são obtidas receitas que permitem prosseguir a missão da instituição. A SCML tem vindo a recuperar e a requalificar o seu património imobiliário, desenvolvendo um extenso programa de reabilitação em Lisboa.