Qualidade e Inovação
Departamento da Qualidade e Inovação
O Departamento da Qualidade e Inovação (DQI) é um serviço de apoio estratégico à ação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, nas áreas da qualidade, inovação, segurança, sustentabilidade, responsabilidade social e investigação & desenvolvimento.

Sustentabilidade e Inovação

Área funcional do Departamento da Qualidade e Inovação é responsável pela promoção e desenvolvimento das atividades de qualidade, inovação, sustentabilidade e responsabilidade social.

Tem a seu cargo a dinamização e a concretização da Estratégia de Sustentabilidade da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a qual está assente, de forma articulada e integrada, em três pilares: o ambiental, o social e o económico.

O desenvolvimento desta estratégia resultou do reconhecimento da necessidade e importância de a Santa Casa incorporar um modelo de sustentabilidade integrado no seu ciclo de atividades, assegurando um futuro melhor para a instituição e para aqueles que serve.
Segurança e Prevenção

Através da sua área funcional dedicada à gestão da segurança, o Departamento da Qualidade e Inovação coordena os aspetos relacionados com a vigilância física e eletrónica, segurança contra incêndios em edifícios e atividades de formação e prevenção, no âmbito da proteção civil de todos os colaboradores, utentes e visitantes, e a todos os edifícios e equipamentos da Misericórdia de Lisboa.

Uma aposta recente desta área funcional tem sido a de informar e sensibilizar os colaboradores da Santa Casa para as mais diversas situações de risco e prepará-los, dentro do possível, para atuarem em situações eminentes de catástrofe.

Esta área tem como função a coordenação dos recursos de investigação científica da Santa Casa. Os seus objetivos incluem a conceção, comunicação e operacionalização de políticas e gestão de recursos no âmbito de projetos de I&D, com vista à aquisição de conhecimento e desenvolvimento de competências que possibilitam encontrar soluções para questões identificadas no âmbito das áreas de atuação da Santa Casa. 

A aposta da Santa Casa na investigação científica, entendeu-se, em 2013, como o assumir de um novo patamar de resposta social, orientado para problemas de saúde específicos, para os quais não existem, ainda, as respostas mais adequadas  É uma realidade presente em iniciativas como os Prémios Santa Casa Neurociências, os quais premeiam investigação científica nacional nas áreas das lesões vertebro-medulardes e das doenças neuro-degenerativas. 

Além desta iniciativa, o Departamento da Qualidade e Inovação está também empenhado na conceção de outros projetos e linhas de investigação que procuram encontrar soluções para patologias e doenças raras, como é o caso da Esclerose Lateral Amiotrófica.