Recrutamento

TS – Programador Oracle Siebel Júnior | Até 18 de janeiro de 2019

TS - Programador Oracle Siebel Júnior (DISTI-UGAJ-ND) (m/f) 
Ref.ª RRR/168/RS/DIRH/2018


Descrição funcional

Integrado no Núcleo Digital da Unidade de Gestão de Aplicações de Jogo da Direção de Sistemas e Tecnologias de Informação, terá como principais responsabilidades: 
  • Implementação de software;
  • Testes unitários;
  • Manutenção corretiva e evolutiva;
  • Elaborar documentação técnica.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura em Informática ou experiência profissional equivalente;
  • Experiência mínima de 3 anos de desenvolvimentos em Oracle Siebel;
  • Implementações CRM;
  • Base de dados SQL Server;

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho Sem Termo;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade, e nos termos da estrutura de carreira pluricategorial prevista no Acordo de Empresa aplicável à Carreira Médica Privada na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (publicado no BTE N.º 26, de 15/07/2018);
  • Oportunidade de valorização profissional.

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o e-mail recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação que sejam considerados de interesse;
  • Documento comprovativo enquanto detentor de Especialidade (Ortopedia) reconhecida pela Ordem dos Médicos (e.g., Cédula Profissional);
  • Declaração de consentimento.

Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 18/01/2019, com indicação da Referência: 
Ref.ª RRR/168/RS/DIRH/2018





TS – Arquiteto de Sistemas Sénior - (DISTI-UAFA) (m/f)| Até 22 de janeiro de 2019

TS - Arquiteto de Sistemas Sénior - (DISTI-UAFA) (m/f)
Ref.ª RR/142/RS/DIRH/2018


Descrição funcional

Integrar a equipa de arquitetura da área de Análise Funcional e Arquitetura na Direção de Sistemas e Tecnologias de Informação, de modo a auxiliar na conceção da arquitetura empresarial da SCML e a sua visão de futuro face às transformações exigidas pelas diversas indústrias bem como pelo IT. Colaborar na elaboração de roadmaps e ciclos de vida de produto para as diversas plataformas da SCML, identificando os candidatos a evolução e enquadrando na visão dos projetos em carteira para implementação. Garantir a especificação técnica das soluções a implementar e enquadramento no parque tecnológico atual ou na perspetiva de futuro da arquitetura empresarial da SCML. Colaborar no crescimento do conhecimento da organização no seu próprio parque tecnológico atual e de futuro.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura em Informática ou experiência profissional equivalente;
  • Experiência mínima de 10 anos na análise funcional, levantamento de requisitos e elaboração de soluções aplicacionais;
  • Experiência mínima de 10 anos na elaboração e especificação de soluções com ênfase do desenho, criação e operação de sistemas complexos orientados a serviços com orquestração em camadas de integração;
  • Experiência comprovada na especificação técnica de serviços e modelação de mecanismos de integração complexos. Experiência comprovada em EA em pelo menos uma das frameworks mais utilizadas, Zachman Framework for EA ou TOGAF;
  • Motivação para aprendizagem continua e proactividade,  capacidade de adaptação a processos e metodologias de trabalho diferentes;
  • Gosto em trabalhar em ambientes com uma grande variedade de áreas funcionais de intervenção na sociedade;
  • Capacidade de resiliência e resistência ao stress;
  • Capacidades de comunicação escrita e verbal e relacionamento interpessoal;
  • Espirito de equipa.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 22/01/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª RR/142/RS/DIRH/2018


DECLARAÇÃO DE CONSENTIMENTO



TS – Programador Integração Júnior (DISTI-UGA-NINT) (m/f) | Até 24 de janeiro de 2019

TS - Programador Integração Júnior (DISTI-UGA-NINT) (m/f)
Ref.ª R. 161/RS/DIRH/2018


Descrição funcional

Integrado no Núcleo de Integração da Unidade de Gestão de Aplicações de Jogo da Direção de Sistemas e Tecnologias de Informação, terá como principais responsabilidades: 
  • Implementação de software;
  • Testes unitários;
  • Manutenção corretiva e evolutiva;
  • Elaborar documentação técnica.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura em Informática ou experiência profissional equivalente;
  • Experiência mínima de 2 anos de desenvolvimento em soluções de integração MuleSoft ou outras soluções (e.g., IBM, BEA, Oracle Fusion, TIBCO, Dell Boomi, Apigee, Biztalk);
  • Experiência mínima de 2 anos de desenvolvimento JAVA
  • Experiência mínima de 2 anos em implementação de Web Services nos protocolos REST/JSON/XML/SOAP;
  • Soluções de gestão de código (TFS, SVN ou GIT);
  • Experiência em projetos de desenvolvimento a serviços;
  • Conhecimentos de arquiteturas orientadas a serviços.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 24/01/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª R.161/RS/DIRH/2018





Técnico Superior – Formador em Inglês - (ASI Centro de Formação) (m/f) | Até 28 de janeiro de 2019

Técnico Superior - Formador em Inglês - (ASI Centro de Formação) (m/f)
Ref.ª 189/RS/DIRH/2018


Descrição funcional

Integrado no Centro de Formação Profissional, terá como principais responsabilidades:
  • Planificar unidades de formação tendo como ponto de partida as orientações e procedimento do plano/referenciais de formação;
  • Formular adequadamente os objetivos pedagógicos que irão orientar a atividade formativa;
  • Conceber e aplicar uma metodologia adequada aos objetivos, ao público-alvo e ao contexto de formação;
  • Organizar e planear o trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Línguas ou da disciplina de Inglês;
  • Gerir em sala de aula situações que possam potenciar a discriminação e dificultem a aprendizagem;
  • Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;
  • Construir e aplicar instrumentos de avaliação em função dos objetivos previamente definidos, que permitam verificar e controlar os resultados da aprendizagem, a eficiência e a eficácia da formação;
  • Assegurar o processo de articulação do trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Línguas ou da Disciplina de Inglês e com a coordenação pedagógica e oficinal do Centro.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura, que confira habilitação própria ou profissional para a docência em Inglês;
  • Experiência profissional mínima de 5 anos na docência de Inglês, em cursos de educação e formação de jovens de nível 1, 2 e 4 (6º, 9º e 12º Ano de escolaridade);
  • Detentor de competências pedagógicas para o exercício da profissão de formador;
  • Experiência na docência de jovens entre os 15 e os 18 anos de idade, com percursos de insucesso e abandono escolar, revelando dificuldades de adaptação ao meio escolar e com comportamentos desviantes e delinquentes (fator preferencial/eliminatório);
  • Conhecimentos em TIC;
  • Atitude facilitadora do relacionamento interpessoal, adequada ao contexto social e profissional;
  • Capacidade de gestão de recursos de forma eficaz e eficiente;
  • Capacidade e gestão efetiva de situações de pressão e contrariedades com impacto no desempenho profissional; 
  • Capacidade de trabalho em equipa;
  • Capacidade de iniciativa
  • Criatividade.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.


Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificado de Competências Pedagógicas (CCP, antigo CAP);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 28/01/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 189/RS/DIRH/2018





Técnico Superior – Formador em Matemática - (ASI Centro de Formação) (m/f) | Até 28 de janeiro de 2019

Técnico Superior - Formador em Matemática - (ASI Centro de Formação) (m/f)
Ref.ª 190/RS/DIRH/2018


Descrição funcional

Integrado no Centro de Formação Profissional, terá como principais responsabilidades:
  • Planificar unidades de formação tendo como ponto de partida as orientações e procedimento do plano/referenciais de formação;
  • Formular adequadamente os objetivos pedagógicos que irão orientar a atividade formativa;
  • Conceber e aplicar uma metodologia adequada aos objetivos, ao público-alvo e ao contexto de formação;
  • Organizar e planear o trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Matemática e Ciências ou da disciplina de Matemática Aplicada;
  • Gerir em sala de aula situações que possam potenciar a discriminação e dificultem a aprendizagem;
  • Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;
  • Construir e aplicar instrumentos de avaliação em função dos objetivos previamente definidos, que permitam verificar e controlar os resultados da aprendizagem, a eficiência e a eficácia da formação;
  • Assegurar o processo de articulação do trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Matemática e Ciências ou da disciplina de Matemática Aplicada e com a coordenação pedagógica e oficinal do Centro.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura, que confira habilitação própria ou profissional para a docência em Matemática;
  • Experiência profissional mínima de 5 anos na docência de Matemática, em cursos de educação e formação de jovens de nível 1, 2 e 4 (6º, 9º e 12º Ano de escolaridade);
  • Detentor de competências pedagógicas para o exercício da profissão de formador;
  • Experiência na docência de jovens entre os 15 e os 18 anos de idade, com percursos de insucesso e abandono escolar, revelando dificuldades de adaptação ao meio escolar e com comportamentos desviantes e delinquentes (fator preferencial/eliminatório);
  • Conhecimentos em TIC;
  • Atitude facilitadora do relacionamento interpessoal, adequada ao contexto social e profissional;
  • Capacidade de gestão de recursos de forma eficaz e eficiente;
  • Capacidade e gestão efetiva de situações de pressão e contrariedades com impacto no desempenho profissional; 
  • Capacidade de trabalho em equipa;
  • Capacidade de iniciativa
  • Criatividade.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.


Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificado de Competências Pedagógicas (CCP, antigo CAP);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 28/01/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 190/RS/DIRH/2018





Técnico Superior – Especialista Organização e Gestão - (Gabinete de Auditoria Interna) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

Técnico Superior - Especialista Organização e Gestão - (Gabinete de Auditoria Interna) (m/f)
Ref.ª 201/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Integrado no Gabinete de Auditoria Interna, terá como principais responsabilidades:
  • Verificar, analisar e avaliar, de forma independente e objetiva, a atividade exercida pelos departamentos e serviços da SCML, com vista a aumentar a eficiência e eficácia na gestão em conformidade com os fins estatutários da Instituição;
  • Conceber e efetuar auditorias, através do exame e avaliação do sistema de controlo interno e da performance das operações e atividades da SCML;
  • Planear e organizar o trabalho a desenvolver cumprindo os Planos de Ação;
  • Utilizar técnicas de amostragem;
  • Realizar testes de auditoria;
  • Elaborar e apresentar relatórios de auditoria;
  • Consultar e extrair informações dos vários sistemas de informação existentes na SCML, nomeadamente o SAP.

Perfil Pretendido:
  • Licenciatura em Auditoria, Gestão de Empresas ou Economia (fator eliminatório);
  • Experiência em Auditoria, no mínimo de 3 anos;
  • Conhecimentos de informática na ótica do utilizador: Microsoft Office (Word, Excel e Outlook) e Microsoft Windows;
  • Conhecimentos em gestão de riscos corporativos (preferencialmente);
  • Experiencia na utilização do IDEA (Interactive Data Extraction & Analysis), ou em outro software de tratamento analítico de dados (preferencialmente);
  • Evidenciar orientação para os resultados
  • Capacidade de trabalho em equipa interdisciplinar;
  • Evidenciar disponibilidade para aprendizagem constante, designadamente em temas de auditoria e outros relevantes para SCML, através de pesquisa de informação;
  • Manifestar capacidade de iniciativa e dinamismo;
  • Manter a confidencialidade, a independência e a segurança de toda a informação a que tem acesso no decurso da sua atividade profissional;
  • Manifestar capacidade de se ajustar à mudança e a novos desafios profissionais.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.


Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 


As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 201/RS/DIRH/2019





Técnico Superior – Especialista Organização e Gestão - (Gabinete de Auditoria Interna) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

Técnico Superior - Especialista Organização e Gestão - (Gabinete de Auditoria Interna) (m/f)
Ref.ª 198/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Integrado no Gabinete de Auditoria Interna, terá como principais responsabilidades:
  • Verificar, analisar e avaliar, de forma independente e objetiva, a atividade exercida pelos departamentos e serviços da SCML, com vista a aumentar a eficiência e eficácia na gestão em conformidade com os fins estatutários da Instituição;
  • Conceber e efetuar auditorias, através do exame e avaliação do sistema de controlo interno e da performance das operações e atividades da SCML;
  • Planear e organizar o trabalho a desenvolver cumprindo os Planos de Ação;
  • Utilizar técnicas de amostragem;
  • Realizar testes de auditoria;
  • Elaborar e apresentar relatórios de auditoria;
  • Consultar e extrair informações dos vários sistemas de informação existentes na SCML, nomeadamente o SAP.

Perfil Pretendido:
  • Licenciatura em Auditoria, Gestão de Empresas ou Economia (fator eliminatório);
  • Experiência em Auditoria (preferencialmente);
  • Conhecimentos de informática na ótica do utilizador: Microsoft Office (Word, Excel e Outlook) e Microsoft Windows;
  • Conhecimentos em Gestão de riscos corporativos;
  • Experiencia na utilização do IDEA (Interactive Data Extraction & Analysis), ou em outro software de tratamento analítico de dados (preferencialmente);
  • Evidenciar orientação para os resultados
  • Capacidade de trabalho em equipa interdisciplinar;
  • Evidenciar disponibilidade para aprendizagem constante, designadamente em temas de auditoria e outros relevantes para SCML, através de pesquisa de informação;
  • Manifestar capacidade de iniciativa e dinamismo;
  • Manter a confidencialidade, a independência e a segurança de toda a informação a que tem acesso no decurso da sua atividade profissional;
  • Manifestar capacidade de se ajustar à mudança e a novos desafios profissionais.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.


Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 


As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 198/RS/DIRH/2019







TP-TAE – Técnico de Ação Educativa (Berçário / Creche / Jardim de Infância) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

TP-TAE - Técnico de Ação Educativa (Berçário / Creche / Jardim de Infância) (m/f)
Ref.ª 196/RS/DIRH/2019

Descrição funcional

Integrado num dos estabelecimentos para crianças, tais como Berçário, Creches e Jardins de Infância, em vagas de substituição temporária, terá como principais responsabilidades:
  • Colaborar e apoiar a Educadora na planificação, concretização e avaliação das atividades pedagógicas; Colaborar na organização do ambiente educativo; Garantir a higiene e arrumação do material; Zelar pela saúde e bem-estar das crianças; apoiar as crianças em todos os momentos da rotina (entradas, atividades, higiene, repouso, alimentação, recreios e saídas); Colaboração e registo de informações relativas às crianças; Colaborar no envolvimento das famílias nos projetos individuais e de grupo.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível do 12º Ano / Curso de Técnico de Ação Educativa (preferencial - Nível 4 de qualificação);
  • Curso de Segurança Infantil e Curso de Suporte Básico de Vida / Socorrismo Pediátrico;
  • Experiência profissional mínima de 1 ano, em contexto de Berçário / Creche / Jardim de Infância;
  • Capacidade e trabalho em equipa;
  • Capacidade de estabelecimento de relação interpessoal facilitadora, comunicando de forma adequada com pares, superiores e outros interlocutores em contexto profissional;

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho (Termo Certo / Incerto);
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 


As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.

Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 196/RS/DIRH/2019






Técnico Superior Especialista de Organização e Gestão - (Direção Marketing – Departamento de Jogos) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

Técnico Superior Especialista de Organização e Gestão - (Direção Marketing - Departamento de Jogos) (m/f)
Ref.ª 194/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Integrado na Direção de Marketing do Departamento de Jogos, terá como principais responsabilidades:
  • Participar na definição, acompanhamento e controlo do plano estratégico e de marketing anual do jogo Apostas Hípicas;
  • Agilizar a implementação do plano de marketing em articulação com as restantes áreas do DJ e entidades externas (agências criativas e outras);
  • Analisar propostas de patrocínio e outras propostas de valor não previstas em plano de marketing;
  • Dar resposta a reclamações e sugestões dos apostadores;
  • Elaborar e propor superiormente as respostas a pedidos de informação e/ou esclarecimentos da Comunicação Social;
  • Apoiar na elaboração de comunicações internas para colaboradores;
  • Apoiar na elaboração de circulares e mensagens de sistema para os mediadores;
  • Elaborar as fichas de produto e manuais para colaboradores, apostadores e mediadores;
  • Apoiar no desenvolvimento da imagem do produto;
  • Colaborar na implementação de medidas de jogo responsável no que respeita à publicidade;
  • Monitorizar a conformidade do programa de corridas, das apostas e outros conteúdos enviados pelo Operador de Apostas Hípicas;
  • Monitorizar indicadores de desempenho de negócio;
  • Desenvolver formatos, editar e controlar a publicação de conteúdos no Portal, APP Mobile e Media, nomeadamente os destaques de eventos especiais e cavalos não participantes;
  • Participar na elaboração do Plano de Marketing e Comunicação do produto e acompanhamento da respetiva produção;
  • Elaborar Briefs e Debriefs à Agência Criativa e outras entidades;
  • Analisar as propostas criativas e planos de meios publicitários;
  • Validar os conteúdos das peças de comunicação do produto e acompanhamento da respetiva produção;
  • Validar os orçamentos das campanhas e controlo da respetiva execução;
  • Prestar à Direção de Comunicação toda a informação e conteúdos necessários ao desenvolvimento de ações de comunicação interna, PR e assessoria de imprensa.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura em Marketing, Comunicação ou Gestão de Empresas (preferencial);
  • Experiência profissional como gestor de produto e/ou de comunicação (preferencial);
  • Domínio escrito e falado da língua Inglesa;
  • Domínio das ferramentas do Office (Excel, Word, Project, PowerPoint);
  • Assumir uma atitude facilitadora do relacionamento interpessoal, adequada ao contexto social e profissional;
  • Focalizar-se na concretização dos objetivos do serviço e na realização das tarefas da sua responsabilidade;
  • Demonstrar espírito de equipa;
  • Capacidade de programar, organizar e controlar a sua atividade;
  • Evidenciar capacidade de análise e espírito crítico;
  • Capacidade de gerir de forma efetiva as situações de pressão e contrariedades com impacto no desempenho profissional;
  • Capacidade de coordenar, orientar e dinamizar equipas e grupos de trabalho;
  • Demonstrar resiliência e capacidade de adaptação à mudança;
  • Evidenciar capacidade de iniciativa e autonomia;
  • Demonstrar capacidade de liderança e motivação de equipas;
  • Assumir uma atitude responsável e de compromisso com o serviço.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 


As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 194/RS/DIRH/2019






Técnico Superior – Especialista de Museografia e Gestão do Património Cultural - (Museu Casa Ásia - Coleção Francisco Capelo- Direção de Cultura) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

Técnico Superior - Especialista de Museografia e Gestão do Património Cultural - (Museu Casa Ásia - Coleção Francisco Capelo- Direção de Cultura) (m/f)
Ref.ª 193/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Integrado no Museu Casa Ásia - Coleção Francisco Capelo, terá como principais:
  • Promover o estudo, a conservação e a divulgação do acervo museológico;
  • Assegurar a elaboração de estudos técnicos de investigação, inventariação e documentação de coleções museológicas;
  • Promover o desenvolvimento, conceção e adaptação de conteúdos técnicos tendo em vista divulgar o acervo museológico em publicações técnico-científicas e em meios de divulgação externos;
  • Assegurar a organização de eventos e ações que promovam a divulgação do acervo museológico;
  • Assegurar a organização de reservas museológicas;
  • Realizar ações de conservação preventiva, o acompanhamento técnico e o registo e a monitorização do estado de conservação do acervo museológico;
  • Articular com interlocutores estrangeiros (ocidentais e asiáticos) - universidades, museus, governos e agentes culturais;
  • Recolher informação acerca da sociedade e culturas asiáticas, em várias áreas profissionais de investigação;
  • Desenvolver Atividades de investigação, comunicação e divulgação sobre temas asiáticos, direta ou indiretamente ligados ao acervo museológico;
  • Assegurar a elaboração de cláusulas técnicas de peças dos procedimentos aquisitivos;
  • Emitir pareceres técnicos tendo em vista fundamentar a decisão superior.


Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura em Estudos Asiáticos ou História da Arte e Mestrado em Estudos Asiáticos;
  • Experiência profissional mínima de 1 ano em assessoria técnica;
  • Domínio de idiomas estrangeiros, com preferência para o Inglês e pelo menos uma língua asiática;
  • Conhecimentos de informática na ótica do utilizador; Processador de Texto (MS Word) e Processador de Cálculo (MS Excel);
  • Capacidade de comunicação que permita a apresentação do acervo museológico em visitas guiadas e apresentações;
  • Capacidade de leitura crítica e problematizante dos quadros teóricos que envolvem os estudos asiáticos;
  • Capacidade de análise crítica, rigor e empenho na realização de tarefas;
  • Manifestar responsabilidade e compromisso com o serviço;
  • Capacidade de trabalho em equipa;
  • Capacidade de iniciativa e proatividade;
  • Comunicar de forma efetiva com pares, superiores e outros interlocutores em contexto profissional;
  • Capacidade de planeamento e organização.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.


Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 


As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 193/RS/DIRH/2019







Técnico Superior – Formador em Matemática - (ASI Centro de Formação) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

Técnico Superior - Formador em Matemática - (ASI Centro de Formação) (m/f)
Ref.ª 190/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Integrado no Centro de Formação Profissional, terá como principais responsabilidades:
  • Planificar unidades de formação tendo como ponto de partida as orientações e procedimento do plano/referenciais de formação;
  • Formular adequadamente os objetivos pedagógicos que irão orientar a atividade formativa;
  • Conceber e aplicar uma metodologia adequada aos objetivos, ao público-alvo e ao contexto de formação;
  • Organizar e planear o trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Línguas ou da disciplina de Matemática;
  • Gerir em sala de aula situações que possam potenciar a discriminação e dificultem a aprendizagem;
  • Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;
  • Construir e aplicar instrumentos de avaliação em função dos objetivos previamente definidos, que permitam verificar e controlar os resultados da aprendizagem, a eficiência e a eficácia da formação;
  • Assegurar o processo de articulação do trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Línguas ou da Disciplina de Matemática e com a coordenação pedagógica e oficinal do Centro.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura, que confira habilitação própria ou profissional para a docência em Matemática;
  • Experiência profissional mínima de 5 anos na docência de Matemática, em cursos de educação e formação de jovens de nível 1, 2 e 4 (6º, 9º e 12º Ano de escolaridade);
  • Detentor de competências pedagógicas para o exercício da profissão de formador;
  • Experiência na docência de jovens entre os 15 e os 18 anos de idade, com percursos de insucesso e abandono escolar, revelando dificuldades de adaptação ao meio escolar e com comportamentos desviantes e delinquentes (fator preferencial/eliminatório);
  • Conhecimentos em TIC;
  • Atitude facilitadora do relacionamento interpessoal, adequada ao contexto social e profissional;
  • Capacidade de gestão de recursos de forma eficaz e eficiente;
  • Capacidade e gestão efetiva de situações de pressão e contrariedades com impacto no desempenho profissional; 
  • Capacidade de trabalho em equipa;
  • Capacidade de iniciativa
  • Criatividade.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.


Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 


As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificado de Competências Pedagógicas (CCP, antigo CAP);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª 190/RS/DIRH/2019







Técnico Superior – Formador em Inglês - (ASI Centro de Formação) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

Técnico Superior - Formador em Inglês - (ASI Centro de Formação) (m/f)
Ref.ª 189/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Integrado no Centro de Formação Profissional, terá como principais responsabilidades:
  • Planificar unidades de formação tendo como ponto de partida as orientações e procedimento do plano/referenciais de formação;
  • Formular adequadamente os objetivos pedagógicos que irão orientar a atividade formativa;
  • Conceber e aplicar uma metodologia adequada aos objetivos, ao público-alvo e ao contexto de formação;
  • Organizar e planear o trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Línguas ou da disciplina de Inglês;
  • Gerir em sala de aula situações que possam potenciar a discriminação e dificultem a aprendizagem;
  • Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;
  • Construir e aplicar instrumentos de avaliação em função dos objetivos previamente definidos, que permitam verificar e controlar os resultados da aprendizagem, a eficiência e a eficácia da formação;
  • Assegurar o processo de articulação do trabalho entre os diferentes docentes do Departamento/Núcleo de Línguas ou da Disciplina de Inglês e com a coordenação pedagógica e oficinal do Centro.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura, que confira habilitação própria ou profissional para a docência em Inglês;
  • Experiência profissional mínima de 5 anos na docência de Inglês, em cursos de educação e formação de jovens de nível 1, 2 e 4 (6º, 9º e 12º Ano de escolaridade);
  • Detentor de competências pedagógicas para o exercício da profissão de formador;
  • Experiência na docência de jovens entre os 15 e os 18 anos de idade, com percursos de insucesso e abandono escolar, revelando dificuldades de adaptação ao meio escolar e com comportamentos desviantes e delinquentes (fator preferencial/eliminatório);
  • Conhecimentos em TIC;
  • Atitude facilitadora do relacionamento interpessoal, adequada ao contexto social e profissional;
  • Capacidade de gestão de recursos de forma eficaz e eficiente;
  • Capacidade e gestão efetiva de situações de pressão e contrariedades com impacto no desempenho profissional; 
  • Capacidade de trabalho em equipa;
  • Capacidade de iniciativa
  • Criatividade.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.


Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificado de Competências Pedagógicas (CCP, antigo CAP);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência:
Ref:ª 189/RS/DIRH/2019






Auxiliar de Ação Médica - Unidade de Cuidados Continuados Integrados no Parque de Saúde Pulido Valente | Até 1 de fevereiro de 2019

Auxiliar de Ação Médica - Unidade de Cuidados Continuados Integrados no Parque de Saúde Pulido Valente
Ref.ª RR - 151/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Executar, sob delegação e supervisão dos técnicos de saúde, tarefas da área da prestação de cuidados aos utentes, no transporte, na manutenção das condições de higiene e limpeza de equipamentos / instalações de saúde e no apoio logístico e administrativo dessas unidades.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações até ao 12º ano de escolaridade;
  • Experiência relevante em estabelecimento de cuidados de saúde, preferencialmente em cuidados continuados;
  • Experiência relevante no contacto com público em especial em ambiente ligado à saúde;
  • Formação profissional preferencial em Técnico Auxiliar de Saúde ou Técnico Auxiliar de Fisioterapia;
  • Formação profissional na área de Agente em Geriatria;
  • Outra formação relevante, em especial na área Auxiliar de Acção Médica, controlo de infeção e atendimento ao público / gestão de cliente.
  • Realizar, sob supervisão, tarefas na área da higiene e conforto dos utentes;
  • Realizar, sob supervisão, tarefas relacionadas com o posicionamento e transferência dos utentes;
  • Proceder ao acompanhamento e transporte dos utentes dentro e fora da Unidade; 
  • Proceder à preparação e distribuição das dietas;
  • Colaborar, sob supervisão, na administração da alimentação aos utentes;
  • Proceder à higienização, preparação e arrumação da Unidade do utente;
  • Proceder à receção, arrumação e distribuição de roupa lavada assim como à recolha de roupa suja e suas entregas;
  • Assegurar a limpeza e desinfeção, sempre que necessário, dos vários sectores da Unidade de acordo com os procedimentos da UCCI HPV;
  • Transportar e distribuir dispositivos e equipamentos de uso clínico;
  • Transportar em segurança os fármacos desde da farmácia até à enfermaria; 
  • Zelar pela correta utilização, manutenção e higienização do material e equipamento utilizado nos cuidados prestados aos utentes;
  • Assegurar o transporte e distribuição de produtos de consumo corrente, necessários ao funcionamento da unidade;
  • Organizar, sob supervisão, o material de consumo clinico e proceder a reposições;
  • Realizar o transporte de cadáveres para a casa mortuária;
  • Proceder a uma eficiente gestão de resíduos assim como assegurar o seu acondicionamento e transporte, sempre que necessário;
  • Boa capacidade de comunicação e relacionamento interpessoal;
  • Elevado sentido de responsabilidade, confidencialidade e profissionalismo;
  • Disponibilidade e gosto pela formação contínua;
  • Grande respeito e cumprimento das normas instituídas;
  • Autonomia e pró-atividade;
  • Boa capacidade de resistência ao stress e à frustração;
  • Gosto pelo trabalho com população idosa;
  • Capacidade para trabalhar em equipa;
  • Disponibilidade para desenvolver as suas competências e realizar atualização profissional.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o Curriculum Vitae e carta pessoal de apresentação das razões de candidatura para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª RR - 151/RS/DIRH/2019


DECLARAÇÃO DE CONSENTIMENTO



TS – Programador Integração Júnior (DISTI-UGA-NINT) (m/f) | Até 1 de fevereiro de 2019

TS - Programador Integração Júnior (DISTI-UGA-NINT) (m/f)
Ref.ª R. 161/RS/DIRH/2019


Descrição funcional

Integrado no Núcleo de Integração da Unidade de Gestão de Aplicações de Jogo da Direção de Sistemas e Tecnologias de Informação, terá como principais responsabilidades: 
  • Implementação de software;
  • Testes unitários;
  • Manutenção corretiva e evolutiva;
  • Elaborar documentação técnica.

Perfil Pretendido:
  • Habilitações mínimas ao nível da Licenciatura em Informática ou experiência profissional equivalente;
  • Experiência mínima de 2 anos de desenvolvimento em soluções de integração MuleSoft ou outras soluções (e.g., IBM, BEA, Oracle Fusion, TIBCO, Dell Boomi, Apigee, Biztalk);
  • Experiência mínima de 2 anos de desenvolvimento JAVA
  • Experiência mínima de 2 anos em implementação de Web Services nos protocolos REST/JSON/XML/SOAP;
  • Soluções de gestão de código (TFS, SVN ou GIT);
  • Experiência em projetos de desenvolvimento a serviços;
  • Conhecimentos de arquiteturas orientadas a serviços.

A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 


As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.


Aguardamos o envio da sua candidatura até dia 01/02/19, com indicação da Referência: 
Ref:ª R. 161/RS/DIRH/2019






Ajudante Familiar

AF - Ajudante Familiar (m/f)
Ref.ª 135/RS/DIRH/2018

Descrição funcional

Apoio nas atividades de vida diária da população idosa, ao nível dos cuidados de higiene e conforto pessoal, apoio nas refeições, transferências, mobilizações, etc..

Perfil Pretendido:
  • Formação e/ou experiência na área de prestação de cuidados pessoais;
  • Motivação para trabalhar com população idosa;
  • Disponibilidade para prestar atividade entre as 08h00 e as 22h00.
A SCML oferece:
  • Enquadramento Técnico;
  • Possibilidade de colocação em várias zonas da cidade;
  • Diversidade de carga horária;
  • Retribuição proporcional ao número de horas de atividade.
Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio. 

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.
Aguardamos o envio da sua candidatura com indicação da referência: 

Ref:ª 135/RS/DIRH/2018




Auxiliar de Geriatria e Apoio à Comunidade (AGAC)

AGAC - Agente de Geriatria e Apoio à Comunidade (Lisboa - Mafra-Malveira)
Ref.ª 106/RS/DIRH/2018

Descrição funcional

Apoio nas atividades de vida diária dos residentes (população idosa / deficiente), ao nível dos cuidados de higiene e conforto pessoal, apoio nas refeições, transferências, mobilizações, etc., administração de medicação sob supervisão, apoio no transporte, acompanhamento ao exterior, e apoio na realização de atividades lúdicas e pedagógicas.

Perfil pretendido:
  • Experiência profissional mínima de um ano em Lar (a exercer atualmente ou no passado recente);
  • Cursos de Formação Profissional na área de Geriatria, nível III EU;
  • Habilitações mínimas ao nível do 9º Ano de Escolaridade ou Escolaridade mínima obrigatória (de acordo com a idade);
  • Disponibilidade para trabalhar por turnos (Manhã/Tarde/Noite - Rotativamente);
  • Idade preferencial entre os 30 e os 45 anos;
  • Motivação para trabalhar com população idosa / deficiente.
A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.
Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio.

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento
Aguardamos o envio da sua candidatura, com indicação da referência: 

Ref:ª 106/RS/DIRH/2018 e localidade à qual se pretende candidatar.




Técnico de Ação Educativa Acolhimento Residencial

Técnico de Acção Educativa de Casa de Acolhimento Residencial para Crianças e Jovens (m/f)
Ref.ª 132/RS/DIRH/2018

Acompanhar e apoiar a criança na realização das atividades lúdicas e pedagógicas desenvolvidas no âmbito do seu processo educativo-terapêutico, bem como prestar cuidados pessoais, de acordo com o projeto educativo.

Perfil pretendido:
  • Experiência profissional em estabelecimentos para crianças e jovens - Casa de Acolhimento e Residência de Autonomização - (a exercer atualmente ou no passado recente) - Preferencial;
  • Habilitações mínimas ao nível do 12º Ano de Escolaridade;
  • Disponibilidade para trabalhar por turnos rotativos e fins-de-semana (3 turnos);
A SCML oferece:
  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.
Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CURRICULUM VITAE para o email recrutamento.dirh@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio.

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.
Aguardamos o envio da sua candidatura com indicação da seguinte referência:

Ref.ª 132/RS/DIRH/2018




Os candidatos que sejam pré-selecionados na 1ª fase serão contatados pela SCML, no prazo de 15 dias (úteis) após a data limite de receção de candidaturas. Os CV's dos restantes candidatos integrarão automaticamente a base de dados de candidaturas espontâneas para eventuais vagas futuras, por um período de 12 meses, findo o qual serão eliminadas automaticamente.

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:
  • Certificado de habilitações literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento
Salienta-se que a candidatura só é válida mediante a apresentação da Declaração de consentimento devidamente preenchida, caso a candidatura não venha acompanhada da Declaração de consentimento será eliminada automaticamente.

CANDIDATURAS ESPONTÂNEAS


Envie o seu CURRICULUM VITAE, preferencialmente por e-mail recrutamento.dirh@scml.pt, e também o seguinte documento:


Pode também enviar por correio ou entregar em mão:

Largo Trindade Coelho
1200-470 Lisboa