Código de Boas Práticas
Código de Boas Práticas dos Trabalhadores da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
Materializando-se a Missão e os Valores de uma organização na sua atuação quotidiana, de acordo com práticas éticas, deontológicas e organizacionais consensuais, importa fortalecer estas práticas junto daqueles que constituem o seu capital vital, e asseguram o cumprimento dos seus desígnios, os trabalhadores.

Neste sentido, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa elaborou em 2013 o seu "Código de Boas Práticas dos Trabalhadores". Este código assenta numa cultura de responsabilidade e de excelência, com o objetivo principal de dar a conhecer a cada um os princípios e as práticas que devem orientar a sua atuação enquanto trabalhador da Misericórdia de Lisboa. 

Pretende ser uma referência do padrão de conduta aceite pela instituição e de orientação para o cumprimento dos seus fins estatutários, sob os princípios de:
  • Transparência
  • Confiança
  • Qualidade
  • Isenção
Este Código entrou em vigor em 2014, devendo ser compreendido, interiorizado e aplicado por todos os trabalhadores da instituição.

Para assegurar a conformidade e atualidade do seu Código de Boas Práticas, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa procede bienalmente à sua revisão, adaptando-o ao contexto do seu desenvolvimento organizacional e da sociedade na qual se insere.